Roteador hackeado: saiba como agir nesse caso

Você já teve um roteador hackeado? Os ataques a dispositivos de rede, impulsionados pela falta de cuidado dos usuários e pelo tipo de informação que circula nesses aparelhos, estão se tornando cada vez mais comuns.
Também contribui para tais ataques a falta de suporte por parte dos fabricantes. Contudo, há uma série de medidas que podem ser tomadas para corrigir erros e garantir que os roteadores não sejam atacados. Caso elas falhem, os passos para resolver o problema são simples.
Quer saber como lidar com um roteador hackeado? Então, veja o post a seguir!


QUANDO UM ROTEADOR É HACKEADO?
Existem vários sinais que podem apontar que o seu roteador foi hackeado. O primeiro é a mudança na velocidade de internet.
Quando o malware instalado tem como objetivo transformar o aparelho em um zumbi para ataques como o DDoS, sua capacidade de enviar e receber pacotes de dados legítimos é reduzida drasticamente. Isso ocorre porque o vírus tenta utilizar toda a banda de rede existente para os ataques direcionados, impedindo que o usuário faça uso de uma conexão rápida.
O direcionamento do tráfego para páginas não confiáveis também é um sinal de roteador hackeado. Ainda que seja mais difícil de se detectar, ataques de phishing que se utilizam dessa técnica têm como base a alteração das configurações do DNS. Como consequência, o usuário é direcionado a páginas falsas sempre que tenta acessar serviços de e-mail, internet banking e demais páginas que lidam com dados sigilosos.


QUAIS PASSOS SEGUIR AO IDENTIFICAR UM ROTEADOR HACKEADO?
Uma vez que você identifica a presença de um roteador hackeado na sua casa, uma série de passos pode ser seguida para solucionar o problema. Eles estão listados a seguir, de acordo com o nível de complexidade e o impacto que cada um tem nas configurações do aparelho.


ALTERAR A SENHA DO WI-FI E DO DISPOSITIVO
Esse é um procedimento de segurança simples, mas capaz de impedir que muitos ataques ocorram novamente. Ao modificar a senha do Wi-Fi e do dispositivo, o roteador poderá receber outras medidas de segurança e, ao mesmo tempo, impedir novos ataques. Mas, para que isso seja efetivo, é fundamental escolher senhas complexas e que não sejam utilizadas em outros lugares.


RESTAURAR E ATUALIZAR O SOFTWARE DO APARELHO
A restauração do software do roteador que foi hackeado apaga malwares mais simples e configurações que eventualmente tenham sido alteradas pelo vírus. Dessa forma, você pode garantir que o roteador continue a ser utilizado, mas consegue eliminar os impactos de qualquer ação que tenha comprometido a confiabilidade do aparelho.
Assim, restaure com a última versão do firmware, o que permite o acesso a novos protocolos de segurança, mais modernos, além de remover a falha existente. Consequentemente, o malware não será capaz de se aproveitar novamente do aparelho. E não se esqueça de trocar a senha de administração do roteador.


CRIAR UMA REDE SEGURA
Não ter uma rede protegida é um erro grave, pois é esse cuidado que torna o acesso mais rápido e simples de ser executado. Por isso, se o ataque ocorrer, não deixe de configurar uma rede segura.
A senha deve ser complexa (ou seja, utilizando símbolos, letras, números e variação entre letras maiúsculas e minúsculas) e diferente da utilizada pelo fabricante. Assim, ficará mais fácil evitar ataques futuros.


TROCAR O APARELHO POR UM MAIS MODERNO
Em alguns cenários, os fabricantes de modems, roteadores e dispositivos de rede sujeitos a ataques não disponibilizam atualizações para bugs conhecidos. Nessa hora, a melhor abordagem é trocar o aparelho por um mais moderno que, preferencialmente, seja fabricado por uma empresa conhecida pelo bom suporte ao usuário.
Um novo roteador é uma medida drástica, mas que pode trazer vários benefícios. Além de permitir o acesso a novos recursos de segurança e monitoramento de rede, ele será menos suscetível a ataques. Afinal de contas, seus protocolos e mecanismos de segurança serão mais modernos e eficientes.


COMO PREVENIR ATAQUES AO ROTEADOR?
A melhor forma para evitar problemas de segurança é adotando cuidados contínuos com a rede Wi-Fi. Felizmente, eles costumam ser de fácil execução (até mesmo por usuários leigos). Veja algumas práticas a seguir e previna-se!


MONITORE A REDE
Avalie se todos os dispositivos conectados à infraestrutura são aqueles que existem dentro da sua residência. Para tanto, além de verificar o nome do aparelho conectado, deve-se analisar se o MAC Address dos equipamentos corresponde àqueles que você tem. Caso algum aparelho não corresponda aos que já conhece, faça o bloqueio imediato do seu acesso e troque a senha da rede Wi-Fi.


MONTE UMA REDE SEGURA
Montar uma rede segura é um passo básico para evitar invasões. Modifique a senha padrão do modem (e do roteador) e escolha o protocolo mais seguro e moderno disponível. Além disso, utilize combinações de acesso complexas, reduzindo a capacidade de ataques com quebra de senha na base de múltiplas tentativas.


FAÇA A ATUALIZAÇÃO PERIÓDICA DE TODOS OS APARELHOS
A atualização dos dispositivos é uma das medidas mais simples e efetivas que a pessoa pode tomar para prevenir problemas com seus roteadores. Manter aparelhos atualizados permite corrigir bugs, ter acesso a novos recursos e melhorar a performance do aparelho. Ou seja: quando dispositivos de internet são atualizados, a experiência de uso da rede fica muito mais dinâmica, com acesso ágil a sites e menos problemas de segurança.
Portanto, sempre visite o site do fabricante de seu roteador em busca de atualizações. Também faça isso com outros aparelhos, como modems e computadores. Dessa forma, eles deixarão de servir como porta de acesso para invasores na sua rede de Wi-Fi.
Ter um roteador hackeado é um dos piores problemas que uma pessoa pode enfrentar. A qualidade da internet é reduzida, dados podem ser roubados e, em casos mais graves, há o risco de o aparelho ficar inutilizável. Portanto, sempre tome medidas para prevenir ataques e garantir que eles sejam corrigidos rapidamente — assim, todos podem usar sua conexão com segurança.

Fonte: Blog Intnet

" Trabalhamos com várias operadoras
utilizamos esta redundância para não
deixar nosso cliente sem internet por
motivos de rompimento no link."

Altinopolis

Rua Espirito Santo nº 333
Telefone (16) 3665-1144
Celular (16) 98194-1400
Email suporte@rdnet.psi.br

Santo Antonio da Alegria

Rua Eduardo Beluti nº 634
Telefone (16) 3668-1652
Celular (16) 98197-0026
Email suporte@rdnet.psi.br

ativo-1.png
© 2021 TITAN Telecom | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Girino